Home / América Latina / Cuba convoca 1º de Maio contra bloqueio e por devolução de Guantánamo
Cuba convoca 1º de Maio contra bloqueio e por devolução de Guantánamo

Cuba convoca 1º de Maio contra bloqueio e por devolução de Guantánamo

A Central, ligada ao governo comunista da ilha, afirma que “a festa do proletariado mundial acontecerá numa conjuntura em que a nossa América e o Caribe vivem um cenário político caracterizado por uma contra-ofensiva da direita e do capital transnacional”.

Além disso, afirma que “será um momento para denunciar as manobras dirigidas a desestabilizar os governos de esquerda e progressistas no poder, particularmente na Venezuela, Bolívia, Equador e Brasil”.

Durante a histórica visita a Cuba em Março, o presidente Barack Obama disse num discurso que o embargo vigente desde 1962 “fere os cubanos, ao invés de ajudá-los” e o chamou de uma “carga obsoleta”.

Obama pediu ao Congresso o fim do embargo e adoptou reformas de atribuições do Poder Executivo para flexibilizar algumas sanções e promover um maior intercâmbio entre os países, que retomaram as relações diplomáticas em Julho de 2015, após meio século de inimizade.

Ao mesmo tempo, pressiona o Congresso pelo encerramento da prisão de Guantánamo, onde 91 suspeitos permanecem detidos, mas não há planos de devolução de Guantánamo.

Fonte: Agência Angola Press

Sobre outrolado

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*