Home / Brasil / A Lava Jato como operação anti-Petrobras e a sentença de Darwin para os golpistas

A Lava Jato como operação anti-Petrobras e a sentença de Darwin para os golpistas

Livro publicado em 1980 pelo jornalista Alberto Tamer (não confundir com Temer, apesar das opiniões semelhantes sobre a Petrobras), a pedido dos Mesquita, donos do jornal “O Estado de S. Paulo”, explicita a lógica do entreguismo, termo famoso para definir os vende-pátrias. A mesma lógica dos golpistas atuais, que foi a do regime de 1964 e dos governo neoliberais. A Operação Laja Jato, anunciada para combater a corrupção, é o centro dos ataques dos entreguistas à Petrobras. Essa farsa do juiz Sergio Moro, vaca sagrada dos golpistas, é usada para levar insanos às ruas na defesa do golpe, comportamento que Charles Darwin definiu como “bestialidade”.

Sobre outrolado

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*