Home / Brasil / Sérgio Moro e a história do desvio de R$ 500 milhões em Maringá por tucanos

Sérgio Moro e a história do desvio de R$ 500 milhões em Maringá por tucanos

Corrupção tucana em Maringá, Paraná, contou com a participação do juiz Sérgio Moro. O caso é escandaloso a ponto de ter o assassinato do ex-secretário da Fazenda que operou o desvio de R$ milhões da prefeitura local e a citação do banqueiro Daniel Dantas, operador do esquema barra-pesada da privataria tucana. Veja aqui: Em Maringá, juiz Sérgio Moro se une a sacerdotes hipócritas para acobertar corrupção tucana http://outroladodanoticia.com.br/2015…

Sobre outrolado

Notícias Relacionadas

6 Comentários

  1. Parabens, pela matéria!

  2. Olmiro Pautz Flores Filho: Se tu és de fato o que fala deve saber muito bem que não passa de um caluniador. Seus adjetivos depravados, por serem seguidos de puxa-saquismo de obras desclassificadas como o livro da Globo, escrito sob encomenda pelo filho da Miriam Leitão, só revelam suas verdadeiras intenções. Comentário sob encomenda de alguém ou simplesmente de um interesseiro. A ameaça de processo judicial é mais um comprovação de mediocridade substituindo os argumentos. Revela-se à altura da baixaria de Sergio Moro e seus amos e asseclas. Sujeito tosco, de baixíssima estatura moral. No mais, sua desavergonhada leviandade ao atacar esta publicação com baixarias honra-a por atestar que ela atingiu o objetivo: denunciar a picaretagem da Lava Jato e desmascarar seus apoiadores.

  3. Que absurdo, site fuleiro, tendencioso e desinformado. Sou advogado e jornalista, e acompanho atentamente a Lava Jato e a atuação impecável do juiz Sergio Moro. Sugiro ao editor dessas falácias que leia o livro do jornalista Vladimir Neto, “Lava Jato, o juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil”. Cabe processo judicial contra o que foi publicado sem base nenhuma, mas certamente Moro está muito acima de baixarias e ataques levianos desse tipo.

    • Se tu és de fato o que fala deve saber muito bem que não passa de um caluniador. Seus adjetivos depravados, por serem seguidos de puxa-saquismo de obras desclassificadas como o livro da Globo, escrito sob encomenda pelo filho da Miriam Leitão, só revelam suas verdadeiras intenções. Comentário sob encomenda de alguém ou simplesmente de um interesseiro. A ameaça de processo judicial é mais um comprovação de mediocridade substituindo os argumentos. Revela-se à altura da baixaria de Sergio Moro e seus amos e asseclas. Sujeito tosco, de baixíssima estatura moral. No mais, sua desavergonhada leviandade ao atacar esta publicação com baixarias honra-a por atestar que ela atingiu o objetivo: denunciar a picaretagem da Lava Jato e desmascarar seus apoiadores.

    • moro e corrupto e ladrao de toga a mulher dele e uma pilantra e so fala da apae vc fascista coxia golpista estam destruindo a democracia e a credibilidade do brasil la fora mas so falta mais um ano lula 2018

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*