Home / América Latina / Mídia usou morte de Fidel Castro para instigar apetite do fascismo por sangue comunista

Mídia usou morte de Fidel Castro para instigar apetite do fascismo por sangue comunista

Leonardo Padura, escritor cubano, diz que existe mais miséria em um quarteirão de São Paulo do que em toda Cuba. Ele respondia a um jornalista da revista Veja, no programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo, o padrão da direita brasileira sobre como ela trata quem tem concepções políticas, ideológicas e filosóficas diferentes. Foi assim que trataram a morte de Fidel Castro. Uma ditadura do pensamento único para acatar o pensamento democrático e progressista, em especial o socialismo. A verdade passa longe das versões da mídia, como é o caso do “dissidentes”, que está bem mostrado neste artigo (Quem são e por que lutam os “dissidentes” cubanos): http://outroladodanoticia.com.br/2016/04/14/quem-sao-e-por-que-lutam-os-dissidentes-cubanos/

Sobre outrolado

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*